quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Vale a pena.

Quando Miles Davis morreu, quem reclamou seu corpo: o jazz ou o rock? Quem é o cantor secreto que inspirou João Donato e João Gilberto? Quem inventou a capa de disco? Branco sabe cantar jazz? Em Tempestade de Ritmos, Ruy Castro responde a essas perguntas e faz muitas outras revelações. Ruy começou a escrever na imprensa em 1967, para o então prestigiadíssimo jornal carioca Correio da Manhã, e estreou justamente com um artigo sobre música. Desde então, esse foi sempre um de seus principais assuntos nos meios de comunicação em que trabalhou (Todos, exceto bula de remédio, como diz o próprio autor). Em Tempestade de Ritmos há uma predominância de artigos sobre música americana, mas ele se orgulha de ter crescido ouvindo os ritmos e gêneros mais díspares, como fox-trots, tangos, boleros, valsas, sambas, choros, marchinhas de carnaval e muito jazz - e esse seu ecletismo musical se reflete no livro, uma autêntica tempestade de ritmos, sujeita a raios e trovões de informação e humor. É uma boa maneira de celebrar os quarenta anos de imprensa desse que é um dos mais consagrados jornalistas do Brasil.

Tudo isso tá  nesse livro que ganhei no Natal de sei lá quem numa dessas festas que os cariocas insistem em fazer idênticas todo ano com toda aquela fuleiragem de casa de bacana.
Eu ja tinha lido uma resenha desse livro e confesso que a priore achei meio pretensioso;pretensioso até ler as primeiras páginas do dito cujo.
Ruy Castro conseguiu mesmo me prender num assunto que eu realmente amo: música,e ainda mais, curiosidades relativas aos primórdios do Jazz e muito mais.Tanto que hoje, as duas da manhã me pego folheando o brochurinha sob um abajurzinho na sala aqui de casa, é.
Tô adorando.

Blogged with Flock

2 Comentários:

Daniel Lopes disse...

O Ruy Castro tem essa capacidade mesmo, de fazer você querer devorar o livro...ele manda muito bem quando o assunto é música, mas eu acho que manda ainda melhor falando de cinema.

Quando você terminar, vou dar uma lida!

beijos amor

Juliana disse...

Comentei antes com o teu login! hahahaha

O Ruy Castro tem essa capacidade mesmo, de fazer você querer devorar o livro...ele manda muito bem quando o assunto é música, mas eu acho que manda ainda melhor falando de cinema.

Quando você terminar, vou dar uma lida!

beijos amor

Postar um comentário

««la cucina»»
Thank you for your visit,if you come back here now comment or e-mail me cooking@gmx.co.uk

Cheerz!

  ©..:: 3 Panelas ::.. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo